Concerto

Joana Guerra + April Marmara + Candy Diaz

16 julho

Núcleo A70

April Marmara (c) Martim Braz Teixeira; Candy Diaz (c) Xipipa


April Marmara é o projeto de ghost folk cantado e composto por Bia Diniz. Com uma invulgar serenidade nos dedos e na pose, e com um registo vocal cuidado e arrepiante, April Marmara apresenta-nos canções de amor. São canções sem espinhas ou gorduras desnecessárias que ora lembram as noites de vendaval vistas pela janela do quarto, ora lembram os passeios ao sabor da brisa das pálidas manhãs de Outono. Imagens e mais imagens que Bia Diniz canta sem qualquer pudor. Uma coragem fora de série, que é friamente catapultada para os ouvidos de quem ouve, e reconhece a nostalgia, a solidão e a universalidade de quem escreve canções folk assim.

Joana Guerra é uma compositora, violoncelista e cantora portuguesa cujo inconformismo e paixão pela experimentação a tem levado a colaborações com inúmeros músicos e projetos de diferentes áreas. Quatro anos depois de “Cavalos Vapor”, chega o seu quarto álbum de originais, “Chão Vermelho”, editado pela label berlinense Miasmah. O álbum é composto por Joana Guerra que, para além de violoncelo e voz, se aventura também na guitarra portuguesa, guitarra elétrica e teclados. Maria do Mar acompanha no violino e Carlos Godinho nas percussões. “Chão vermelho” traz-nos um ambiente de experimentação e risco que nos transporta para um cenário apocalíptico, interrompido por canções surpreendentes que evocam, como murmúrio ou como oração pagã, a sempre iminente possibilidade de regeneração. «O nome do disco vem inspirado na zona onde vivo, de terra barrenta, que me fascina bastante, embora a seca me cause uma sensação atroz», explica Joana. «Chão Vermelho reflete sobre a matéria e também o imaterial, que pisamos e a que nos ligamos».

Candy Diaz (aka Ana Farinha) é a co-autora do programa “Floresta Encantada” na rádio SBSR e também ex Les Baton Rouge e Women Non Stop. Esperam-se tesourinhos, obscuridades e malhões que vão do garage e do proto-punk ao coração dos 60’s.

Informação sobre bilhetes brevemente
Lotação Limitada
Horários a anunciar em breve, de acordo com plano de desconfinamento nacional